Logomarca do evento

Congresso da Agropecuária: educação e oportunidades iguais são caminho para protagonismo feminino

Marck CastroA presença de mulheres na agropecuária como protagonistas cresce no Brasil. Hoje, elas são quase um milhão de gestoras. Os caminhos para fortalecer esse protagonismo, por meio da educação e de oportunidades iguais, foram debatidos no Congresso Brasileiro de Gestores da Agropecuária (CBGAP), em Brasília, na tarde desta quarta, 6 de novembro.

A participação das mulheres na direção de estabelecimentos agropecuários passou de 12,7%, em 2006, para 18,7% em 2017 - o que representa 946 mil mulheres, segundo dados do Censo Agro divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em outubro. Esse número pode ser ainda maior, segundo a diretora da Associação Brasileiro do Agronegócio (Abag), Sheila Guebara . “Muitas fazem todas as etapas de gestão, mas não se identificam como tal”, alertou. De acordo com ela, isso foi identificado em pesquisa da associação de 2017 com 1,5 mil mulheres.

Na mesma pesquisa, que tinha o objetivo de entender quem são as mulheres do agronegócio no país, constatou-se que 60% delas são proprietárias ou sócias e têm perfis eficientes e independentes, entre outros. “Isso é muito legal porque vemos mulheres se empoderando, tomando seus lugares”, observou a gestora.

MMM
Prefeita de São Bento do Una, no Pernambuco (PE), Débora Almeida comparou a pequena representatividade feminina nos cargos políticos com o setor agropecuário. “Como muitas mulheres acham que a política não é para elas, também pensam o mesmo no agronegócio”, afirmou. O Município comandado por ela é o maior produtor de ovos do Nordeste e um dos cinco maiores do Brasil.

Ela lembrou os participantes que na abertura do congresso, na terça (5), a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, era a única mulher no palco. Diante desse cenário, apresentou o Movimento Mulheres Municipalistas (MMM), criado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) em 2017 com o objetivo de aumentar a participação feminina na política.

Capacitação
Marck CastroAmpliar a presença das mulheres em posições de destaque também é a missão do Sistema Ocepar (Organização das Cooperativas do Paraná), segundo a primeira diretora mulher da organização, Yuna Bastos. “No cooperativismo nacional, apenas 8% são mulheres. Significa que as mulheres estão na propriedade trabalhando, mas não estão no cooperativismo, não têm nada registrado nos seus CPFs”, disse, alertando sobre os riscos da dependência da figura masculina, que divide as tarefas com as mulheres, mas concentra as formalidades.

Para Yuna, os principais desafios a serem enfrentados no setor para inserção real das mulheres é a educação, o acesso ao mercado e as linhas de crédito e o poder de decisão, por exemplo. “Para isso, investimos em treinamento e capacitação”, destacou. A vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia, Carminha Missio, endossou a importância da educação. “É o empoderamento por meio do conhecimento. Hoje, temos mulheres nas faculdades em qualquer área. Elas estão buscando.”

Representante residente da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) no Brasil, Rafael Zavala falou que a capacitação na área rural é fundamental para que as mulheres consigam melhores empregos. “É importante que fique muito claro o que é emprego rural agrícola, que é somente para produzir matéria-prima, e o que é emprego rural não-agrícola, que são as atividades industriais”, ressaltou. Neste último, com mais capacitação, há empregos que pagam melhor. “O desafio é desenvolver esses empregos para as mulheres”, acrescentou.

CBGAP
Esta é a primeira edição do Congresso Brasileiro de Gestores da Agropecuária. O encontro tem como tema É nos Municípios que se produz o desenvolvimento. São parceiros na realização do evento o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA), além do apoio institucional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Mais informações estão disponíveis no portal do CBGAP.

Por Amanda Martimon
Foto: Marck Castro
Da Agência CNM de Notícias

Apoio institucional:
Sebrae
Patrocínio:
Banco do Brasil
Realização:
Organização:
Agência oficial:
Apoio:

Local do evento:
CICB – Centro Internacional de Convenções do Brasil
Setor de Clubes Esportivos Sul Trecho 2 Cj 63, Lote 50 - Asa Sul - Brasília/DF
Veja aqui no mapa

base do rodapé