Logomarca do evento

CBGAP: importância e desafios da agricultura familiar no Brasil são tratados em sala temática

49023232468 a8b7233d52 bA agricultura familiar foi o principal tema de uma das salas temáticas do Congresso Brasileiro de Gestores da Agropecuária, nesta quarta-feira, 6 de novembro. Com sala lotada de participantes ligados ao setor, a arena tratou de políticas da Secretaria da Agricultura familiar e cooperativismo para o desenvolvimento da agricultura familiar.

No Brasil, 84,4% dos estabelecimentos são de agricultura familiar. O número foi apresentado pelo secretário de agricultura familiar e cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Fernando Schawnke, que reforçou que o Brasil alimenta hoje os 202 milhões de habitantes e mais 1 bilhão de pessoas fora do Brasil. “Nós nos tornamos estrategicamente um país importante para garantir a segurança alimentar do mundo. Nós precisamos alimentar o mundo e os países de primeiro mundo sabem disso. Nós precisamos produzir, mas temos que ter sustentabilidade ambiental, social, econômica e garantir a preservação do solo, da água. É inegável nossa importância na produção de alimentos e na segurança alimentar”, disse.

A importância da agricultura familiar foi levantada em todas as falas durante a plenária e a participação da sociedade e dos Municípios se torna essencial, de acordo com vice-presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Alberto Broch. “Ter a oportunidade de debater com sociedade, pessoas, Municípios. Reunir prefeitos, vereadores e fazer debate sobre o que seria do Município sem a agricultura familiar e quanto do Município botamos na agricultura familiar”, reforçou.

Desafios e problemas

Broch ressaltou ainda que a agricultura familiar precisa de políticas públicas. “Nós avançamos bastante no Brasil. Nós servimos muitas vezes de modelos para outros países, mas não podemos nos conformar. Tem muita coisa que precisamos melhorar. E a agricultura familiar tem muitos desafios”, finalizou o gestor lembrando que a agricultura familiar é a origem do Brasil. 

O gerenciamento de propriedade foi apontado como desafio pelo presidente do sindicato rural de Santa Cruz do Sul (RS), Marco Antonio dos Santos. “Nas propriedades, nos dias de hoje, com as ferramentas que temos hoje, não podemos errar. O gerenciamento é importante principalmente na tomada do levantamento de todo custo de produção. E aí nós esbarramos que muitos produtores não têm orçamento. Quem não planeja, não projeta, não gerencia. Esses são pequenos gargalos que temos que enfrentar daqui para frente”, complementou.

O crescimento e o desenvolvimento da agricultura familiar no país foram ressaltados pelo presidente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Sul (Emater-RS), Geraldo Sandri, como principais desafios atualmente. De acordo com o gestor, os dois conceitos parecem iguais, mas tem detalhes diferentes. “Não adianta uma parte promover o crescimento se eu deixo uma parte à margem do processo. E aí nosso trabalho na agricultura familiar será muito forte. Dando a mão para aquela família para que o pequeno se transforme em grande”, complementou reforçando a necessidade de fazer esse conceito chegar na propriedade.

Salas temáticas

Essa foi uma das salas temáticas que acontece durante toda esta quarta-feira no Congresso Brasileiro de Gestores da Agropecuária. Na parte da manhã, foram tratados temas como A promoção do desenvolvimento sustentável nos Municípios; Inspeção Sanitária, um desafio a ser vencido nos Municípios; e as Políticas nacionais de apoio à comercialização da produção rural.

As salas temáticas continuam na parte da tarde desta quarta-feira e são transmitidas em tempo real na rádio da CNM.

Por Lívia Villela 

Foto: Tauan Alencar / Agência CNM

Da Agência CNM de Notícias

Apoio institucional:
Sebrae
Patrocínio:
Banco do Brasil
Realização:
Organização:
Agência oficial:
Apoio:

Local do evento:
CICB – Centro Internacional de Convenções do Brasil
Setor de Clubes Esportivos Sul Trecho 2 Cj 63, Lote 50 - Asa Sul - Brasília/DF
Veja aqui no mapa

base do rodapé