Logomarca do evento

Ministra Tereza Cristina aposta em apoio técnico e sanidade animal para impulsionar setor

MarkCastroA cerimônia de abertura do Congresso Brasileiro de Gestores da Agropecuária, na manhã desta terça-feira, 5 de novembro, contou com a presença de autoridades e um discurso da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, sobre a importância da assistência técnica e da sanidade animal para fomentar o setor e possibilitar entrada em mercados externos. O evento ocorre até quinta-feira, 7, no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília.

Após fala do presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, acerca da pauta política em comum, a chefe da Pasta comemorou a realização do Congresso em parceria com a entidade municipalista. A ideia de promover o primeiro encontro técnico e político do agro surgiu durante a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que reuniu gestores públicos municipais e representantes do governo federal e do Legislativo em abril.

Assim como Aroldi, Tereza Cristina lembrou das reformas - como a da Previdência e Tributária - que estão tramitando no Congresso, dos avanços já obtidos nessa gestão e das expectativas para os próximos meses. “A assistência técnica foi planejada nesse ano e, ano que vem, será meu maior desafio à frente do Ministério. Espero que vocês, quando voltarem para o Município, levem coisa boa e ideias para realizar em prol da agropecuária e dos produtores que aqui representam. Fazer gestão de qualidade é o que precisamos hoje”, provocou.

MarkCastroNesse contexto, além da CNM, o Ministério conta com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), representadas na cerimônia pelos presidentes Carlos Melles e João Martins. Também estavam no palco o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Alceu Moreira, e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

“Quero agradecer a relação que hoje esse governo tem com a CNA e os parlamentares que defendem o agro brasileiro. Eles têm trabalhado com agilidade e compromisso. E o Sebrae, que é uma importante ferramenta”, enalteceu a ministra. Segundo ela, o Mapa e o Ministério do Meio Ambiente têm buscado, juntos, conciliar interesses de diferentes áreas.

Questões sanitárias
Ao listar os desafios que ainda se impõem, ela chamou atenção para as demandas técnicas e financeiras de pequenos produtores e o cumprimento de requisitos de sanidade animal, que são condicionantes para a exportação. “Se o Brasil não consegue cumprir nem mostrar que tem serviço de sanidade, não adiantam leis, normativas e sanções. Precisamos que as leis sejam adequadas e praticadas”, reforçou.

Antes de concluir, Tereza Cristina lembrou que hoje é dia do Técnico Agrícola e que, em 10 meses de governo, foi possível alcançar melhorias. Entre elas, o alinhamento do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf); a celebração de acordos com a União Europeia e o Mercosul; a publicação de decreto para permitir a comercialização de produtos de origem animal inspecionados por consórcios públicos municipais; e a regulamentação do Selo Arte. “Hoje temos oportunidade infinita, um Brasil que precisa se profissionalizar e ter esperança”, completou a ministra.

Por Amanda Maia

Fotos: Marck Castro / Ag. CNM

Da Agência CNM de Notícias

Leia também

Agropecuária ganha destaque na capital federal com a cerimônia de abertura do CBGAP 2019

 

Apoio institucional:
Sebrae
Patrocínio:
Banco do Brasil
Realização:
Organização:
Agência oficial:
Apoio:

Local do evento:
CICB – Centro Internacional de Convenções do Brasil
Setor de Clubes Esportivos Sul Trecho 2 Cj 63, Lote 50 - Asa Sul - Brasília/DF
Veja aqui no mapa

base do rodapé